Alfabeto em Libras – Sinais das Letras do Abecedário

alfabeto-surdos
 

É muito comum as pessoas terem interesse em aprender o Alfabeto em Libras. Grande parte dessas pessoas, acabam criando interessem pela língua de sinais e passam a buscar um curso de libras para aprofundar o conhecimento.

Vale lembrar que as letras do alfabeto são utilizadas em alguns casos específicos, como é o caso de Nomes Próprios, onde muitas vezes a pessoa comunica seu nome através das letras ou de seu sinal pessoal (sim, cada pessoa possui um sinal próprio). Porém, para se comunicar de verdade com um surdo, é necessário saber que cada palavra possui um sinal específico. Por exemplo, se você vai dizer para “eu te amo” em Libras, você não vai fazer a datilografia de cada letra. Você fará o sinais de “Eu” “Gosto” e o sinal de “você”. Para aprender como criar frases e se comunicar de verdade em Libras, recomendamos um curso completo.

Alfabeto em Libras

alfabeto-em-libras-letras

 

Sobre a Libras e a Surdez

Além de aprender o alfabeto em Libras é importante saber: No Brasil existem mais de 10 milhões de pessoas com problemas auditivos.

De várias formas, a surdez é mais difícil para as crianças. O dialecto é descoberto pela audiência falada por guardiões e associados. Os jovens de dificuldade de audição lutam com a transmissão de muito mais tempo do que ouvir crianças, pois devem ser mostradas a comunicação através de gestos e a capacidade de ler os lábios. Eles regularmente podem se sentir desconectados e perdidos. A maioria dos jovens experimenta estágios mais peculiares. Imagine o medo de uma criança pequena com dificuldade que, enquanto anda num carrinho de passeio, é atraída mais perto por um estranho apreciador. Apesar do fato de que o estrangeiro pode ter expectativas bem dispostas, é problemático para um jovem com dificuldade compreender completamente isso, localize sozinho.

Dificuldade dos Surdos

Entre as condições que influenciam o avanço das habilidades relacionais das pessoas com impedâncias auditivas, há identidade, visão, natureza e nível de surdez, grau e tipo de audição restante, o nível de vantagem obtido por aprimoramento por amplificador portátil, condição familiar e tempo de início .

O tempo de início assume uma parte urgente no avanço do dialeto. As pessoas com mágoa de audição pré-oral (exibição durante o parto ou acontecendo antes da obtenção do dialeto e o avanço dos projetos do discurso) são mais praticamente incapacitadas do que os indivíduos que perdem algum nível de audição após a melhora do dialeto e do discurso.

Muitos professores se limitam ao ensino do alfabeto em Libras e, algumas vezes, os números e cores em Libras. Isso é muito pouco. Professores precisam aprender Libras e buscar ter o conhecimento básico na Língua de sinais para se destacar no mercado e mudar o mundo.

Uma vez que muito aprendizado é adquirido de forma auditiva, numerosos suplentes com questões auditivas têm insuficiências experienciais e dialéticas. Como eles não ouvem clamores naturais e discussões diárias, crianças com deficiência auditiva faltam muitos dados urgentes geralmente adaptados por acaso por crianças que não são deficientes auditivos. Apesar do fato de que os suplentes podem conquistar algumas dessas questões em graus flutuantes através de especulações extraordinárias de tempo, vitalidade e esforço de guardiões e instrutores, essa falta continua sendo genuinamente regular dentro da população com deficiência auditiva.

Agora que você já aprendeu o alfabeto em Libras, conheça o curso completo.

Gostou do alfabeto em Libras? Compartilhe com seus amigos, alunos e parentes.