3 Passos para Arrasar a Concorrência – Análise de Mercado

 

 

Responda rápido:

Quem são os principais concorrentes do Sabão em pó OMO?

 

Se você costuma fazer as compras de sua casa, talvez tenha pensado em alguma das marcas abaixo (ou em alguma outra…).

concorrência

Mas você já pensou que talvez a marca OMO pudesse enfrentar uma ameaça muito maior em relação a fabricação de uma máquina de lavar por ultrassom que está sendo projetada faz alguns anos? Uma máquina dessas pode fazer com que as pessoas passem a lavar roupas utilizando pouco, ou até nenhum, sabão em pó. Há ameaça ou concorrência maior do que esse?

As empresas precisam evitar essa “miopia” em relação à concorrência e olhar o mercado com olhos mais atentos.

Fique ligado nesse artigo, pois iremos discutir algumas ideias que podem fazer total diferença em seu sucesso no longo prazo.

Nesse artigo você irá saber:

– Qual a melhor forma de detectar sua concorrência

– O que fazer com as informações que você colhe deles

– 3 passos para fazer a concorrência comer poeira  sem ter que brigar pelo preço

Eu sei que esse último tópico é bem tentador mas se você não ler os 2 primeiros tópicos, esse último não irá fazer tanto sentido para você… Então vamos começar com uma história bem interessante:

encyclopedia-britannica-2

A Encyclopedia Britannica ocupou as estantes de várias casas espalhadas pelo mundo por muitos anos. Sempre foi uma referência no mundo como a maior e melhor coleção de enciclopédias já criada. Atenta aos concorrentes de outras editoras, acabou não percebendo a chegada da Encarta, uma enciclopédia que chegou em formato de CD, quase 50 vezes mais barata que a impressa Encyclopedia Britannica.

As vendas dela começaram despencar e quando se deram conta que era preciso lançar uma versão digital de seu produto, suas vendas já haviam caído 50%. Hoje, mais de uma década depois, a Wikipédia é sinônimo de Enciclopédia e ter as versões impressas em casa não faz sentido, pois ficam desatualizadas rapidamente.

Saber quem são e entender a fundo seus concorrentes pode ajudar sua empresa não só a ocupar um destaque maior na cabeça de seu público-alvo mas a prever novos concorrentes no mercado. Permitirá que você defina seus preços de uma forma mais competitiva e irá antecipar ações às campanhas de marketing e promoções relâmpago de seus rivais.

Você pode utilizar os conhecimentos que você irá adquirir nesse artigo para criar estratégias de marketing que se aproveitam das fraquezas de seus concorrentes, e assim melhorar o seu próprio desempenho nos negócios. Este conhecimento vai ajudá-lo a ser realista sobre o quão bem sucedido o seu negócio pode ser.

Todas as empresas enfrentam a concorrência.

Todas!

Mesmo se você é o único restaurante da sua pequena cidade. Você terá que competir com cinemas, bares e outras empresas onde seus clientes vão gastar seu dinheiro em vez de gastar com você. Ou seja, você compete com empresas e negócios que não são do mesmo ramo que você.

Com o aumento da utilização da Internet para comprar bens e serviços e para encontrar lugares para ir, você já não compete somente com seus vizinhos imediatos. Na verdade, você poderia encontrar-se em concorrência com empresas até mesmo de outros países. Mesmo se você for dono de uma academia ou de uma padaria. Como assim? Bom, talvez as pessoas passem a assistir vídeo-aulas que ensinam a malhar em casa ou a fazer bolos e pães em casa.

Ou seja, seu concorrente pode ser um novo negócio oferecendo um substituto ou produto semelhante que faz seu próprio redundante.

Mas Afinal…

Quem é a sua Concorrência: Análise de Mercado

 análise da concorrência

Como já vimos, os concorrentes podem ser diretos, ou seja, do mesmo segmento que você, mas também podem ser indiretos, como uma empresa de outro segmento, que embora não entregue a mesma solução que você, torta a atenção que seria direcionada ao seu negócio algo pequeno.

Além disso, o concorrente pode não ser outra empresa.

Dependendo do mercado e da inovação dos processos dele, sua concorrência pode ser você mesmo, que ao não se dedicar às inovações e novas soluções, acaba deixando-se evoluir, ficando para trás.

Por isso, você precisa estar em busca constante de novos concorrentes, novas soluções e ficar sempre antenado ao o que estão fazendo por aí.

Você pode obter pistas para a existência de concorrentes a partir de uma análise de mercado simples:

  • A sua câmara de comércio local e associações
  • Publicidade em geral
  • Revistas, sites e redes sociais sobre o tema
  • Exposições e feiras
  • Pesquisas
  • Informações fornecidas pelos clientes
  • Procura de produtos patenteados existentes que são semelhantes ao seu
  • Ferramentas de Análise da Concorrência

 

 

  O que fazer com tanta informação?

concorrentes e analisar o mercado

 Após separar tanta informação de seus concorrentes é o momento de “digerir” tudo isso. Separe as informações mais importantes sobre eles, por exemplo:

  • Quais seus preços?
  • Como é o atendimento?
  • Eles são encontrados na internet? Possuem Redes Sociais? Como interagem?
  • Investem em propaganda? Site, Anúncios em jornais, revistas, internet, rádio?
  • Investem no ambiente de compra? Limpeza, equipamentos, espaço… etc
  • Realizam promoções periódicas e sazonais (datas comemorativas)?

(E tantas outras que você achar relevante…)

Avaliar essas informações, ou pelo menos tomar conhecimento delas, pode fazer com que você encontre lacunas no mercado que você pode explorar. Essas informações podem também indicar se há uma saturação de concorrentes em determinadas áreas do seu mercado, o que pode levá-lo a se concentrar em áreas menos competitivas.

 

Como fazer a concorrência comer poeira sem ter que brigar pelo preço?

 análise de mercado

 

Com as informações que você colheu nessa análise de mercado, tente responder 3 perguntas básicas:

1º passo, responda: O que você pode aprender e fazer melhor

Se tiver certeza de que seus concorrentes estão fazendo alguma coisa melhor do que você, você precisa tomar uma ação imediata. Não adianta utilizar como desculpa a frase “eles são melhores, mas cobram mais caro”. Busque alternativas para que você consiga ser tão bom quanto, e cobrar menos. Tente inovar e não imitar. Agora que você sabe o que eles entregam de valor, você consegue entregar algo tão valioso quanto?

Seja realista e olhe seus negócios como um possível cliente e não com o carinho que você possui como empreendedor. Seja impiedoso e aponte as fraquezas e defeitos da sua empresa.

Descubra os pontos fracos de seu negócio, antes que os concorrentes descubram por você.

 

2º passo, responda: O que eles estão fazendo pior do que você

Explore as oportunidades que você identificou. Isso se enquadra em todas as áreas: atendimento, produtos, serviços, espaço comercial e até mesmo a maneira que eles fazem para reter os funcionários.

Ataque os pontos fracos de seus concorrentes. Pequenas empresas podem se destacar frente aos grandes concorrentes oferecendo coisas que eles não conseguem entregar com qualidade como, por exemplo, relacionamento e atendimento personalizado.

 

3º passo, responda: Onde você pode ser único?

Comece a pensar não só em como ser melhor, mas como oferecer algum serviço e atendimento único. Deste modo os consumidores não poderão nem comparar o seu negócio com os outros, pois será algo incomparável na visão deles.

Não tente ser melhor em tudo. Seja o melhor em alguma área especifica. Se o seu concorrente consegue entregar um produto melhor que o seu, por algum motivo que você não consegue superar, então tenha um melhor atendimento, entregue mais rápido, tenha um ambiente de compra melhor ou simplesmente atue com mais proximidade com seus clientes, fidelizando eles.

Ataque nos pontos fracos!

 

Leia Também:

4 Dicas Simples para Turbinar seu Marketing Pessoal

3 Passos para Arrasar a Concorrência – Análise de Mercado

Revendendo Roupas Importadas com lucro de 400% 

 

 flecha_verde  Como Vender Produtos pela Internet e Lucrar Alto - Passo-a-Passo

flecha_verde  Livro Grátis para Donwload: Como gerar Renda Extra na Internet